Breaking

A História da TRIBE

Artigos / Notícias / 11/04/2014

Após 2 anos de intervalo, A Tribe retorna com força total e trazendo um line – up de peso. Saiba como começou esse que já um dos maiores festivais do país.

 

Um dos maiores festivais do Brasil está de volta. A TRIBE após  2 anos de intervalo, retorna com força total no ano de 2014 com um line – up de peso que promete ser a mais Épica entre todas as edições. Preparamos este artigo contando a história do evento que tem mais de 10 anos de tradição.

Tudo começou de uma forma desprentenciosa em 2000 quando seus idealizadores queriam mostrar para os amigos as novidades sonoras num encontro ao ar livre. Depois disso, resolveram pegar um sitio emprestado de um amigo e foi realizada a primeira edição da tribe em dezembro daquele ano que contou com a presença de meras 50 pessoas. No dia da festa, o que era pra ser em ar livre acabou parando dentro da casa do sitio por conta da chuva, mas como era para os amigos tudo ocorreu normalmente.

Assim, o conceito de festa ao ar livre ficou para a segunda edição que não demorou para acontecer. No mesmo lugar meses depois foi realizada a Tribe Open Air com cerca de 400 pessoas. Só entrava na festa quem tivesse o Flyer do evento que ocorreu sem interferências da chuva.

Depois do sucesso inicial, a festa se mudou para São Roque onde aconteceram duas edições em 2001. Foram as últimas organizadas em sítios de amigos. A seguinte edição aconteceu na Pedreira, cercada de montanhas e muita natureza por todos os lados. O número de pessoas foi para 1.500 e na seqüência dobrou na comemoração de 2 anos de evento em dezembro de 2002.

Em 2003 a organização trouxe novidades. Acabaram criando o Solaris Dance Festival que foi um aprendizado para festas com o selo da Tribe. A cenografia começou a evoluir cada vez mais, tanto quanto o line – up. Apartir disso, a festa começou a tomar dimensões maiores e o público mais ciente do festival. No ano seguinte, já consolidada no cenário nacional, diversos Dj’s renomados marcaram presença na edição comemorativa de 4 anos. Nesta edição ocorreu apresentações de pintura, grafite e pirofagia que segundo a organização, “A ideia da arte havia se aliado a natureza e a música”.

Para celebrar os cinco anos de triunfo, a festa saiu da Pedreira para Itú. O desafio foi criar um palco com 53 metros de largura por 13 de altura inteiramente grafitado. Só que a chuva quase atrapalhou os planos, mas mesmo assim foi um sucesso com 25 mil pessoas e foi apelidada de “Tribe Lama”, para muitos foi inesquecível a edição.

Em 2006 a tribe viajou o país com uma turnê passando por : Brasilia, Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto e Porto Alegre. Na festa de 7 anos, artistas plásticos colocaram trabalhos artísticos em grande escala. A idéia era levar o público a ficar imerso com o universo do artista. Um casal pintou ao vivo por quase 16 horas seguidas. Assim a relação Tribe com Arte elevou patamares e começou a se consolidar como um evento autêntico e um dos bem sucedidos eventos culturais do país.

Em 2009 ocorreu uma pausa que durou dois anos. Assim a edição de 10 anos foi adiada para 2011, e foi mais um sucesso.  Na oportunidade o festival contou com 30 Mil pessoas que segundo a organização revisou os próprios conceitos do evento com uma visão renovada da mesma.

E por fim, em 2012 aconteceu a edição 50 do evento com 52 atrações em quatro palcos, sendo um voltado totalmente para o Deep House, além dos tradicionais de Techno, House e Trance. O local foi a Helvétia em Campinas, mesmo local da edição anterior e que seria o inicio da era Tribe Army cujo o objetivo era levar o P.L.U.R (Paz, Amor, Uniao e Respeito).

Após este intervalo, a Tribe volta em 2014 cheia de muitas expectativas e com um line – up de peso desde: D-Nox, Astrix, Neelix, Amine Edge & DANCE, Pleasurekraft á Showtek, Martin Garrix, YVES V e DVBBS. O local escolhido foi a Fazenda Maeda em Itú. Os ingressos já estão no terceiro lote, pois se você ficou com vontade de ir, compre já o seu ingresso. A Tribe ‘O Retorno’ acontece dia 17 de Maio e irá começar ás 18 horas.Vendas de ingressos nesse link.

Confira o trailer do evento:


Tags:



Gabriel Souza




Post anterior

Tiësto fala porque abandonou o Trance

Próximo Post

Musica Eletrônica, afinal, estão fazendo por amor ou por dinheiro?




Mais Histórias

Tiësto fala porque abandonou o Trance

 Em entrevista Tiësto fala sobre porque deixou o trance para migrar para o house e diz que os fãs atuais de trance parecem...

11/04/2014